Este guia completo para iniciante vai ajudar você a começar a investir do zero e com segurança com os melhores investimentos do Inter

Independente da fase da vida que você estiver, nunca é cedo — ou tarde demais — para começar a investir. Mas sabendo disso, a pergunta que fica é: como começar a investir?  A maioria das pessoas não sabe como fazer um bom investimento e nem mesmo tem ideia de como começar.

Geralmente, o objetivo de quem investe é fazer o dinheiro render e aumentar seu patrimônio para realizar seus sonhos. Para isso, é necessário adotar estratégias que estejam alinhadas com seu perfil e objetivos. A forma mais inteligente e acessível de começar a investir é definir um objetivo claro.

Se você chegou até aqui, é porque deseja dar os primeiros passos e quer saber como investir o seu dinheiro com segurança. Mas é comum que surjam algumas dúvidas no caminho. Pensando nisso, aqui vão algumas dicas de como começar a investir do zero sendo iniciante até chegar em um nível avançado. Acompanhe agora os melhores investimentos para você.

Como começar a investir: siga o passo a passo

Para te ajudar nesse começo, vamos te dar um passo a passo de investimento para iniciantes. Tendo clareza nessas etapas, sua jornada no mundo dos investimentos vai ser muito mais fácil. Mas tenha em mente que muitos desses passos dependem do seu perfil, se é mais conservador ou mais arrojado.

Para se dar bem e ter bons resultados, o investimento financeiro deve ser acompanhado de pesquisa e dedicação. Compreender as dinâmicas do mercado e da economia é a chave para investir em ações com segurança. Dito isso, vamos ao nosso passo a passo!

1 - Defina seus objetivos

Primeiro, é muito importante estabelecer quais são seus objetivos. Afinal, por que você quer começar a investir? Pegue o papel e caneta e faça uma lista com as coisas que você quer conquistar na vida.

Não se assuste com o tamanho da lista! Essas serão suas motivações para começar a fazer o seu dinheiro render. Assim você consegue visualizar quais as suas metas a curto, médio e longo prazo, e ser mais assertivo na hora de definir quais investimentos fazem mais sentido pra você.

2 - Faça um planejamento financeiro

Separe todas as suas despesas mensais (aluguel, faculdade, internet, curso de inglês, etc.) e já se organize financeiramente. Geralmente, esses gastos possuem valores fixos, o que acaba tornando o planejamento mais fácil.

Já aqueles que podem variar (água, luz ou transporte), o ideal é que se faça uma estimativa de acordo com os valores gastos nos meses anteriores.

Se tiver alguma dívida, também é importante correr atrás para quitá-la ou fazer uma negociação. Assim você evita que os juros subam cada vez mais e atrapalhem seu planejamento no futuro. Não se esqueça de separar também o dinheiro para o lazer e para uma reserva de emergência caso precisar.  

3 - Descubra qual o seu perfil de investidor

De acordo com o grau de risco que pretende correr, separamos os investidores em três tipos: conservador (busca mais segurança e baixo risco), moderado (está aberto a riscos, mas ainda aprecia a segurança) e arrojado (quer mais rentabilidade, mesmo com altos riscos).

Agora que você já sabe qual sua meta, chegou a hora de conhecer qual seu perfil de investidor. Saber em qual momento você está como investidor ajuda nas decisões importantes na hora de começar a investir. Principalmente sobre o risco que você está disposto a correr e onde investir o seu dinheiro.

Mas, como começar? Dentro da Inter Invest você encontra os melhores investimentos e ainda pode fazer um teste para descobrir seu perfil. Além de encontrar indicações de investimentos que fazem sentido para você.

Essa é uma etapa importante porque te ajuda a visualizar quais tipos de investimentos são mais indicados com o seu momento. Se seu perfil for conservador, por exemplo, investimentos em renda fixa são uma opção mais assertiva, como: CDB, LCI, LCA, Tesouro Direto, Debêntures, CRI, CRA, entre outros. 

Se for mais arrojado, os investimentos em Renda Variável são ótimas opções, pois podem trazer maior rentabilidade a longo prazo.

4 - Por que você quer começar a investir?

O primeiro passo para começar a investir é justamente definir o motivo desse investimento. Ou seja, qual vai ser a sua meta. Isso é muito importante para os passos seguintes, já que vai ser a base da sua estratégia de alocação.

Por exemplo, se sua meta é juntar dinheiro para um projeto que vai acontecer em breve (em um período de até 2 anos), você vai precisar resgatar seu dinheiro rápido, então é necessário começar a investir em rendimentos de curto prazo. Mas se sua meta é guardar dinheiro para um projeto do futuro, você pode começar a investir o seu dinheiro com rendimentos de médio ou longo prazo.

  • Metas de até 2 anos: investimentos de curto prazo;  
  • Metas de 2 a 5 anos: investimentos de médio prazo;
  • Metas de mais de 5 anos: investimentos de longo prazo.

5 - Comece poupando, mas não pare por aí!

Sobrou um dinheirinho na sua conta no final do mês? Então, você pode guardar este dinheiro no Meu Porquinho, para render mais do que a Poupança.

O Meu Porquinho é um recurso muito bom para quem tem dinheiro parado na conta do Inter e quer fazer o dinheiro render de forma automática. Esta funcionalidade permite aos clientes guardar seu dinheiro com segurança e reinvestir o cashback automaticamente todos os meses. É simples assim!

Além de poder guardar dinheiro parado na conta corrente, o valor é atrelado a um investimento que rende mês a mês, sem que o cliente precise fazer qualquer ação. E não para por aí: caso o cliente utilize algum produto ou serviço do Inter, é possível escolher reinvestir o cashback automaticamente com apenas um clique.

Por outro lado, se você for mais conservador, a simplicidade da Poupança é uma alternativa para quem está começando, mas lembre-se, possui um rendimento baixo comparado a outros investimentos.

6 - Qual a melhor forma de investimento para iniciante?

A melhor forma de investimento para iniciante é começar a investir em uma reserva de emergência. A reserva de emergência é um investimento financeiro que pode ser usada em algum caso de emergência. Ela é composta por aplicações de liquidez diária ou de até 30 dias – o que significa que você poderá resgatar seu dinheiro em situações não planejadas.

Não existe valor certo para a reserva, mas o recomendado é que ela seja composta por 3 a 6 vezes o valor do seu salário mensal. Ex: se você ganha R$ 1.000,00 por mês, sua reserva anual deve ter entre R$ 3.000,00 e R$ 6.000,00.

Uma boa forma de começar a investir em uma reserva de emergência é a partir de produtos com liquidez diária. O CDB de Liquidez Diária do Inter, por exemplo, é um investimento fácil e seguro:

  • Pode investir a partir de R$1,00;
  • Resgate seu dinheiro quando quiser;
  • Renda mais que a poupança.

O CDB tem um prazo de vencimento que é quando você pode resgatar o valor total investido junto aos rendimentos.

Vale lembrar que essa é só uma das opções para começar sua reserva. Se você está em busca de mais rendimento, existem outros investimentos que rendem mais e que são tão seguros quanto o CDB, como a LCI DI 90 dias. Com sua reserva feita, você pode começar optar por produtos com prazo de liquidez um pouco maiores.

7 - Acompanhe a websérie gratuita para começar a investir no Inter em 2024

Veja na prática, como é a série investindo na prática.

Na série Investindo na Prática, nosso especialista de investimentos, Joe Ruas, vai investir R$ 5.000,00 do próprio bolso durante 10 semanas, em uma carteira de investimentos diversificada com ativos de renda fixa e renda variável.

8 - Onde investir em 2024?

Se você pretende aprender a investir do zero, precisar escolher um aplicativo de investimento seguro em uma corretora. Os melhores investimentos para 2024 estão na Inter Invest. Para comprar e vender ações, o investidor pode usar o Home Broker 100% gratuito, que facilita seu acesso ao mercado na hora de escolher onde investir o dinheiro.

Ah, diferente de outras corretoras, o Inter não cobra taxa de corretagem ou custódia para operações via Home Broker e ainda possui os melhores investimentos para iniciantes e para quem já tem experiência. Aprenda como fazer investimentos, acesse nosso Super App e siga o passo a passo:

  • Na home do Super App acesse o menu Investir;
  • Caso seja o primeiro acesso, responda o questionário de Suitability para definir seu perfil de investidor;
  • Dentro de Inter Invest, escolha o produto que você quer investir;
  • Decida o valor que você quer investir;
  • Clique em investir e pronto! Você fez seu primeiro investimento.

Não fique mais nessa situação de não saber onde investir 2024 o seu dinheiro. Além dos serviços de corretagem, no Inter Invest você encontra todas as informações necessárias para tomar a melhor decisão e fazer seu dinheiro render mais.

9 - Como começar a investir do zero com pouco dinheiro?

Existem muitas maneiras de começar a investir do zero com pouco dinheiro. A melhor opção depende de suas metas de investimento, seu perfil de investidor e a sua situação financeira. Algumas dicas gerais de como investir na prática, incluem:

  • Definir seus objetivos de investimento: é importante saber por que você está investindo e qual é o seu limite. Isso ajudará a determinar qual tipo de investimento é adequado para você.

  • Fazer uma avaliação de risco: considere quanto risco você está disposto a assumir e como isso se encaixa em seus objetivos de investimento para começar.

  • Diversifique seus investimentos: a diversificação pode ajudar a mitigar o risco, pois não coloca todo o seu dinheiro em um único ativo, ainda mais se você pretende começar investir com pouco dinheiro.

  • Usar ferramentas de gerenciamento financeiro: o nosso Home Broker vai garantir que você esteja investindo de uma maneira responsável, sustentável e de forma segura.

  • Considerar o conselho de profissionais: se você é novo no mundo de investimentos, pode ser útil falar com um corretor ou planejador financeiro certificado para obter orientação sobre as opções de investimento disponíveis.

Por isso, a Websérie Investindo na prática, irá te ajudar como começar a investir com pouco dinheiro e ainda sugerir os melhores investimentos financeiros com carteiras recomendadas pelo nosso especialista, utilizando a plataforma gratuita da Inter Invest.

10 - Qual é a melhor opção de investimento hoje?

A renda fixa pode ser uma opção interessante de investimento, mas a escolha depende de diversos fatores, como o seu perfil de risco, o valor disponível para investir e seus objetivos financeiros. Se você busca investimentos de curto prazo e deseja evitar riscos, pode ser interessante considerar opções atreladas à inflação.

Mas se você quer ampliar os ganhos e investir no longo prazo, existem outras opções, como começar a investir na bolsa. Para não causar muita confusão em saber qual o melhor investimento para 2024, vamos destacar a diferença entre renda fixa e renda variável.

  • Investimentos em renda fixa: aqueles com regra de remuneração pré-definidas no momento da aplicação.

  • Investimentos em renda fixa com rentabilidade pré-fixada: te informam, no momento da contratação, quanto seu dinheiro vai render em determinado período. Ex: CDB Pré-Fixado.

  • Investimentos em renda fixa com rentabilidade pós-fixada: o investidor sabe aproximadamente o quanto o dinheiro vai render porque esse valor pode mudar em função de variação na CDI ou da Selic. Ex: LCI, o CDB e a poupança.

  • Investimentos em renda fixa com rentabilidade mista: aqueles que têm a rentabilidade composta por um indicador (como IPCA, CDI, IGPM), mais um percentual. Ex: Tesouro Direto IPCA.

  • Investimentos em renda variável: o investidor não sabe antecipadamente quanto seu dinheiro vai render. Mas ao final pode ter rentabilidade pior, igual ou muito melhor do que os investimentos em renda fixa. Ex: Ações e os fundos de investimento multimercado ou de ações.

Caso ainda esteja com dúvida, acompanhe esse vídeo simples e rápido sobre as diferenças dos investimentos de renda fixa e renda variável.

Tipos de InvestimentosRisco
Tesouro DiretoBaixo
Fundos de Investimento em Renda FixaMédio
Fundos de Investimento em AçõesAlto
Fundos ImobiliáriosAlto
CDBs (Certificado de Depósito Bancário)Baixo

11 - Diversifique sua carteira

A diversificação da carteira de investimentos é a prática de investir em uma ampla variedade de ativos, como ações, títulos, imóveis e commodities, a fim de reduzir o risco.

Montar uma carteira de investimentos é mais seguro, porque nenhuma aplicação é isenta de risco e, se você colocar todo o seu dinheiro em um único ativo, pode perder tudo se esse ativo não se desempenhar bem. Ao começar a investir em uma ampla variedade de ativos, você diminui o risco de perda em caso de queda de um determinado investimento.

Diversificar sua carteira é muito importante para equilibrar suas finanças e garantir uma rentabilidade positiva. Isso porque um portfólio com ativos de diferentes tipos e setores garante que a sua carteira não fique exposta a um só tipo de produto.

12 - Busque informações confiáveis sobre o tema

A internet está cheia de conteúdos sobre investimentos. Mas cuidado para não cair em ciladas, ok? Não existe fórmula milagrosa para investir. O que você pode fazer é se informar em fontes confiáveis para tomar as melhores decisões com seu dinheiro.

O Portal Inter Invest é um site que traz tudo o que você precisa saber sobre o mercado financeiro. Lá você encontra notícias e relatórios produzidos por especialistas sobre o cenário econômico, desempenho dos principais fundos e índices que impactam na sua carteira.

Você sabia que no Inter existe um profissional que te auxilia a cuidar da sua carteira de investimentos e aumentar seu patrimônio, saiba o que é um Advisor e todas as vantagens de ter um.

13 - Como começar a investir com 100 reais?

Para começar a investir, você não precisa de um valor muito alto. Alguns ativos permitem investir a partir de R$100. Veja algumas opções:

  • Investir em títulos do Tesouro Direto: o Tesouro Direto é um programa do governo federal que permite aos investidores comprar títulos públicos de renda fixa, como os títulos prefixados, pós-fixados e atrelados à inflação. É possível começar a investir com pouco dinheiro a partir de R$30,00 reais nesse programa.

  • Investir em títulos de renda fixa: Algumas opções de renda fixa permitem investir a partir de R$100 reais, como alguns CDBs e LCIs.

  • Investir em ações: é possível comprar ações de empresas na bolsa de valores a partir de R$100 reais, só é necessário acesso a corretoras internacionais. Outra opção é investir aqui mesmo no Brasil através de ETFs que simulam índices norte-americanos. No entanto, é importante lembrar que o investimento em ações envolve riscos e pode resultar em perdas financeiras.

  • Investir em criptomoedas: as criptomoedas, como o Bitcoin, permitem que você invista com valores até menores que 100 reais. No entanto, é importante lembrar que o investimento em criptomoedas envolve riscos e pode resultar em perdas financeiras.

Antes de começar a investir do zero ou com pouco dinheiro, é importante lembrar de fazer uma análise detalhada das suas finanças e considerar o quanto você pode arriscar. Além disso, é importante pesquisar sobre os diferentes produtos de investimento disponíveis e entender os riscos e recompensas de cada um antes de tomar uma decisão.

Com a Inter Invest você investe do seu jeito: sem intermediários e respeitando seus próprios interesses. É o melhor app de investimento e ainda você acessa todos os produtos com um toque em tempo real. Agora que você já tem todas as informações e conteúdos disponíveis, partiu começar?

14 - Seja paciente e curioso

Independente do seu perfil, uma coisa é certa: paciência é a palavra-chave. Afinal, começar a investir não é sinônimo de se tornar milionário da noite para o dia. Mas sim, uma forma de te ajudar a alcançar seus objetivos por meio de uma vida financeira rentável. Por isso, não se precipite, entenda a forma como seu investimento funciona e mantenha a disciplina na hora de investir.

Sendo assim, continue cultivando sua curiosidade, aprenda mais e fique de olho no mercado. Dessa forma, você vai conquistando uma visão mais analítica e toma decisões mais assertivas. Aproveite e acompanhe o podcast de investimentos do Inter para se manter atualizado todas os dias.

Qual é o melhor investimento CDB ou Poupança?

O CDB e a Poupança são dois tipos comuns de investimentos para iniciantes, de baixo risco, que são oferecidos por bancos e outras instituições financeiras. O rendimento desses investimentos pode variar, mas em geral são considerados opções de baixo rendimento e indicados para quem deseja começar a investir.

O CDB é um título de renda fixa emitido por um banco, que paga uma taxa de juros fixa por um período de tempo específico. O rendimento do CDB depende da taxa de juros oferecida pelo banco emissor e do prazo do investimento.

A Poupança é um tipo de conta bancária que oferece uma taxa de juros fixa, que é atualizada periodicamente pelo banco central. O rendimento da poupança é geralmente baixo comparado com outros tipos de investimentos, mas é considerado um investimento seguro e de baixo risco.

Importante saber que os investimentos com baixo risco tendem a render menos do que os investimentos de maior risco, mas também têm um menor potencial de perda. Veja um exemplo da diferença do CDB e poupança em termos de rendimento:

Diferença do rendimento do CDB e da Poupança

Gráfico mostrando a diferença do rendimento entre CDB e a Poupança
Diferença do rendimento do CDB e a da Poupança. *A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos.

Você já conhece o Inter One?

Se mesmo com todas essas dicas, você sente falta de um acompanhamento mais próximo na hora de cuidar do seu dinheiro, então você precisa conhecer o Inter One. Esse é um perfil de relacionamento do Inter que oferece assessoria personalizada para construir sua carteira de investimento do zero ou aprimorar a que você já possui, e o melhor: sem nenhuma taxa.

E você não precisa necessariamente iniciar investindo para ser um Inter One. É possível fazer parte do segmento através da portabilidade de salário a partir de 6k líquido, contratando um financiamento imobiliário pelo Inter, ou claro, investindo a partir de 50 mil com a gente.

Banner Joe Ruas

O que você precisa saber

Qual a melhor forma de investimento para iniciante?

A melhor forma de investimento para iniciante é começar a investir em uma reserva de emergência. A reserva de emergência é um investimento financeiro que pode ser usada em algum caso de emergência. Ela é composta por aplicações de liquidez diária ou de até 30 dias – o que significa que você poderá resgatar seu dinheiro em situações não planejadas.

Qual é a melhor opção de investimento hoje?

A renda fixa pode ser uma opção interessante de investimento, mas a escolha depende de diversos fatores, como o seu perfil de risco, o valor disponível para investir e seus objetivos financeiros. Se você busca investimentos de curto prazo e deseja evitar riscos, pode ser interessante considerar opções atreladas à inflação.

https://static.bancointer.com.br/blog/author/images/19aa9ea83c3740a889cdd3fec0fc860f_captura-de-tela-2023-03-17-as-120131.png
Joe RuasEspecialista em Investimentos

Responsável por simplificar a educação financeira e o mundo dos investimentos no Inter, através de redes sociais, lives, palestras e cursos.

Gostou? Compartilhe
Assuntos relacionados
Para simplificar a vida Investir
Como investir no Tesouro Direto em 4 etapas simples

Descubra como investir no Tesouro Direto com cerca de R$ 30 e quais os tipos...

Leia mais
Para simplificar a vida Investir
Onde investir em 2024: o melhor guia para investir agora

Está em dúvida onde investir o seu dinheiro em 2024? Este guia vai te ajudar!...

Leia mais
Para simplificar a vida Investir
Onde investir 1.000 reais: 7 opções mais procuradas

Descubra onde investir 1.000 reais com retorno rápido....

Leia mais